Principal
Empregados do setor supermercadista
Assembleia para discutir trabalho nos feriados
02/03/2021
Não Deixem Vender o Brasil
Campanha alerta sobre prejuízos das privatizações
01/03/2021
28/02: Dia Mundial de Combate à Ler/Dort
Doença ocupacional que mais afeta os brasileiros
26/02/2021
20/02/2021

20 de fevereiro
Dia Mundial da Justiça Social

Arionauro cartuns
I014043.jpg

“Se você é neutro em situações de injustiça você escolhe o lado do opressor”. Com essa frase, reverendo Desmond Tutu, que ganhou o Prêmio Nobel da Paz em 1984 por sua luta contra o apartheid na África do Sul, ilustra bem o papel daqueles que lutam por justiça social. É o de enfrentar a pobreza, a violação de direitos, a exclusão e discriminação social. É trabalhar pela construção de uma sociedade em que todos tenham oportunidades e sejam respeitados.

Foi com esse intuito de promover esforços coletivos para uma prosperidade entre as nações que a Assembleia Geral da ONU (Organização das Nações Unidas) aprovou, em 2007, uma resolução declarando o dia 20 de fevereiro como o Dia Mundial da Justiça Social.  

Em tempos de pandemia da Covid-19 a busca da justiça social se coloca como uma necessidade ainda mais urgente, já que a crise sanitária aprofundou desigualdades. Segundo a OIT (Organização Internacional do Trabalho), mais de 60% de todos os trabalhadores não têm qualquer tipo de contrato laboral. E menos de 45% dos trabalhadores estão empregados em tempo integral e permanente. Aos que estão empregados ou possuem alguma ocupação, a pandemia trouxe novas dificuldades em relação às condições de trabalho com a flexibilização e precarização das leis trabalhistas, sem contar a pressão por abrir mão de direitos para manter-se no emprego.

Lutar por justiça social, nesse sentido, é não aceitar práticas de exploração contra os trabalhadores, lutando por seus direitos. É também construir uma solidariedade coletiva em que sejam assegurados os direitos fundamentais de todas as pessoas. Ou seja, é ajudar a quebrar as barreiras que tornam desiguais o acesso às oportunidades, seja por causa da raça, etnia, religião, gênero, orientação sexual, classe social ou cultura. É construir uma sociedade onde a diversidade seja acolhida, para que todos e todas tenham direito a uma vida digna.

É por isso que o SECI tem a luta por justiça social na sua missão. Que essa data possa ser não só uma menção no calendário, mas uma prática cotidiana de todos os que acreditam que é possível construir um mundo melhor.

 


Fonte : Ascom/SECI







Av. 28 Abril • 621 • sala 302

Centro • Ipatinga • MG • CEP.35160-004

[31] 3822.1240